Abertura da exposição Oriente-Ocidente em São Pedro da Serra

Casino Serrano
Casino Serrano

A exposição Oriente-Ocidente do artista plástico argentino Carlos Suárez será aberta no próximo sábado dia 30 de abril, às 19 h, na sala III do “Casino Serrano”, rua Rodrigues Alves 509, São Pedro da Serra, Nova Friburgo.

“Raramente um artista ocidental alcança a cultura plástica do Oriente em sua estética peculiar. Sarlanga é exceção. Frequenta e se familiariza, bem jovem, com ateliês de Istambul, na Turquia. Esta oportunidade nos é conferida agora em pleno mar de montanhas de São Pedro da Serra, pois o melhor de nossa humanidade habita profundos veios. Se nos detemos e nos permitimos refletir sobre esta obra, muito temos a aprender. Mais que isso, nos fala em pleno silêncio de uma tradicional sabedoria milenar”, afirma Cecília de Castro Pinto curadora da exposição.

São 27 obras de pinturas a óleo sobre tela em que o artista, também conhecido pelo apelido de Sarlanga, busca através de desenhos enquadrados por motivos orientais unir Ocidente e Oriente. Carlos Suárez reside e tem seu atelier em São Pedro da Serra.

Contato divulgação: Maria Lucia Martins, tels.: 22 30163595 e 21 982917055 (Vivo)
maluhmare@gmail.com

Atelier Telas da Serra é inaugurado em São Pedro da Serra, RJ

Inauguração da Galeria Telas da Serra
Criado pelos artistas plásticos Claudio ClameliAlfredo Henrique e Maria Cecilia De Castro Pinto, o  Atelier Telas da Serra abriu suas portas na Páscoa e promoverá palestras e passeios focados em Arte. Estiveram presentes integrantes do movimento cultural, entre eles artistas de múltiplas áreas que, como os sócios da Telas da Serra, vivem na região de Nova Friburgo.

Obra de Claudio Clameli
Cláudio Clameli traz sua experiência em Paris e Roma, onde viveu, e no Portas de Artes Abertas, evento de Arte no bairro de Santa Teresa, do qual também participou Maria Cecília De Castro Pinto. As obras expostas de Cláudiio Clameli têm na eletricidade dos postes dos fios queimados a ponte de um curto-circuito iminente, o pintor indica apenas um céu azulado com pássaros.

Alfredo Henrique é pintor, desenhista e escritor
Alfredo Henrique, pintor, desenhista e escritor, é um artista autodidata cujo trabalho recebeu a medalha de ouro do Prêmio Portinari. Suas obras expostas fazem parte do conjunto “Reinvenção da vida”.  O lirismo de Alfredo revela um forte desenho, às vezes pontilista, às vezes paisagista com temas tão diversos quanto a sua experiência humana.

Obra de Maria Cecília De Castro Pinto
Maria Cecília De Castro Pinto formou-se em Bellas Artes em 1973 e desde então se dedica às múltiplas formas de expressão artística, tendo na pintura suas obras mais reconhecidas por prêmios, entre eles o Benedito Calixto, exposições em diversas cidades e mais de três mil desenhos na Ilha Grande, com o artista Frank Shaefer. De Castro Pinto nos mostra a série de auto-retratos “Um olhar nômade”, fruto da técnica de desenho cego, em que voa para além do academicismo expressando toda a sua filosofia de vida nos traços feitos, frente ao espelho e com a mão esquerda, aos 40 anos, pintados recentemente para a exposição. 

Telas da Serra: São Pedro da Serra, rua Rodrigues Alves, 509 – sala V Segundo piso do Cassino Serrano - Telefone: (22) 25423110


Contato de divulgação: 

Maria Lucia Martins (21) (982917055, tels.: (21) 982917055 (Vivo) e (22) 30163595, 
e-mail: maluhmare@gmail.com 

Mostra inaugural do Telas da Serra Atelier de Arte

Alfredo Henrique - as obras expostas fazem parte do conjunto “Reinventando a vida”.
Alfredo Henrique

Alfredo Henrique 
O lirismo de Alfredo Henrique revela uma força no seu desenho, por vezes pontilhista, por vezes figurativo, com temas tão diversos quanto sua experiência humana. As obras expostas fazem parte do conjunto “Reinventando a vida”.

1- Saudade (acervo do artista)
2- A chegada da Primavera
3- Aldeia de Portugal
4- Casa de São Pedro
5- Eva moderna

Cecília De Castro Pinto e o Conjunto da obras “Um Olhar Nômade”
Cecília De Castro Pinto

Cecília De Castro Pinto
O Conjunto da obras “Um Olhar Nômade”, produzida a partir da técnica de desenho cego, são auto-retratos que incorporam a filosofia das experiências da artista. Traços e cores são feitos com a mão esquerda, usando o lado direito do cérebro.

Imagens
1 - O super-feminino
2- Neo Lautrec
3- A Politica
4- Alvorada
5- Neo Klint (vendido)